quinta-feira, julho 25, 2024
NotíciasLegislativoSenado

Moro provoca Lula com questões de raça e gênero

Na manhã de hoje (26/09), o senador Sérgio Moro (União-PR), provocou o presidente Luis Inácio Lula da Silva no X (antigo Twitter), usando bandeiras raciais e de gênero.

Conforme noticiado ontem pela Gazeta do Povo, Lula disse que “esse [- ser mulher -] não é mais o critério“, referindo-se à bandeira de gênero usada para atrair eleitores e militantes.

“Eu vou escolher uma pessoa que possa atender aos interesses e as expectativas do Brasil. Uma pessoa que possa servir ao Brasil, uma pessoa que tem respeito com a sociedade brasileira. Uma pessoa que vota adequadamente, sem precisar ficar votando [por meio da] imprensa.”, disse o petista.

Com base nessa posição do Planalto, o senador alfinetou na rede social:

Lula não irá nomear ministro do STF ou PGR com base em gênero, raça ou diversidade. Indicou antes Joaquim Barbosa e se decepcionou pois ele foi altivo, independente e não se mostrou subserviente. Lula nomeará um branco, descendente de europeu safade (contém ironia).