quinta-feira, julho 25, 2024
NotíciasLegislativoSenado

Senado aprova novos requerimentos para ouvir Campos Neto

A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado aprovou ontem (27/06) quatro requerimentos para que o presidente do Banco Central (Bacen) e membro do Conselho Monetário Nacional (CNM), Roberto Campos Neto, seja convidado, novamente, à comissão para prestar esclarecimentos sobre a política monetária e a definição da taxa básica de juros, a Selic.

Os autores são os senadores Randolfe Rodrigues (sem partido-AP), Ciro Nogueira (PP-PI), Rogerio Marinho (PL-RN) e Plínio Valério (PSDB-AM).

No final de abril deste ano, Campos Neto compareceu a Comissão e defendeu a autonomia do Bacen, tratou de questões do regime de metas, processo de autonomia, inflação doméstica e mundial, atividade econômica, política fiscal, taxas de juros, mercado de capitais e “agenda inclusiva”.

Na última visita à Casa Alta, os parlamentares ouviram do gestor o que é necessário para reduzir a taxa básica de juros (Selic).

De agosto de 2022 até o presente a Selic tem se mantido em 13,75%.