quinta-feira, julho 25, 2024
NotíciasLegislativoSenado

Congresso declara guerra ao Supremo

O líder da oposição no Senado Federal, Rogério Marinho (PL-RN), anunciou na tarde de ontem (26/09), durante coletiva de imprensa em Brasília (DF), que as pautas que tramitam no Congresso serão obstruídas em protesto contra o Supremo Tribunal Federal (STF).

À frente de um grupo de parlamentares do Senado e da Câmara, o congressista afirmou que o Judiciário interfere no Legislativo, usurpando as funções do parlamento brasileiro.

Para exemplificar, Marinho citou quatro temas recentes: o retorno do imposto sindical, a relativização do direito de propriedade atrelada ao Marco Temporal, a liberação da maconha e a descriminalização do aborto.

Ele também lembrou que há um manifesto crescente programado para o próximo dia 12 de outubro que servirá para ouvir a população em contraponto ao Supremo Tribunal Federal.

Além de Marinho, outras lideranças da Câmara e do Senado também se manifestaram.

Confira o vídeo aqui.